Apoio

Sob a guarda da Biblioteca da ECA, os documentos do Arquivo Miroel Silveira foram descobertos pela Profa. Dra. Maria Cristina Castilho Costa em 2000. Naquele momento, encontrar apoiadores foi fundamental para tornar possível a organização desse arquivo.

Com o avanço das pesquisas, o apoio de agências de fomento teve papel essencial à consolidação do grupo e da tradição de investigações que hoje compõem o Observatório de Comunicação, Liberdade de Expressão e Censura (Obcom).

Conheça nossos apoiadores:

CAPES

 A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) presta auxílio financeiro aos eventos científicos por meio do Programa de Apoio a Eventos no País (PAEP) e já concedeu bolsas de mestrado e doutorado a alguns pesquisadores do Observatório de Comunicação, Liberdade de Expressão e Censura (OBCOM-USP).  


CNPq

Desde o início das pesquisas sobre o Arquivo Miroel Silveira, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) aparece como nosso apoiador. Concedeu, inicialmente, bolsas de iniciação científica voltadas à organização dos processos de censura. Nos anos seguintes, o CNPq financiou também pesquisas de pós-graduação sobe censura e liberdade de expressão e apoiou diversos eventos acadêmicos realizados pelo grupo que hoje compõe o Obcom.


FAPESP

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) apoia as pesquisas sobre o Arquivo Miroel Silveira desde seus primórdios, em 2001. Inicialmente, concedeu bolsas de iniciação científica voltadas à organização dos processos de censura. A partir de 2002, financiou três projetos temáticos coordenados pela Profa. Dra. Maria Cristina Castilho Costa e voltados a extensas pesquisas sobre a censura e a liberdade de expressão, no passado e hoje.


Pró-Reitoria de Cultura e Extensão da USP

A Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da Universidade de São Paulo (USP) concede auxílio financeiro aos eventos científicos realizados pelo Observatório de Comunicação, Liberdade de Expressão e Censura (OBCOM-USP) por meio de programas Especiais e Editais que instituem apoio financeiro a projetos nas áreas de acervos, patrimônio cultural, memória, intercâmbio de atividades, prêmio para produção acadêmica e criação de espaço cultural.


Pró-Reitoria de Pesquisa da USP

O Observatório de Comunicação, Liberdade de Expressão e Censura (OBCOM-USP) foi aprovado, em 2012, pela Pró-Reitoria de Pesquisa da USP como Núcleo de Apoio à Pesquisa da Universidade de São Paulo.
Os recursos aportados por este programa destinam-se a fortalecer a organização de grupos de pesquisa que atuam sinergicamente e formam recursos humanos qualificados, um estímulo para reverter a força centrífuga criada paradoxalmente pelo desenvolvimento de grupos de pesquisa competitivos e altamente especializados. Serve também de estímulo a grupos que se encontram em processo de organização e que apresentam potencial inovador e perspectivas de sucesso.
Os NAPs foram criados para serem independentes dos departamentos e unidades, já que são incentivados a agrupar pesquisadores de distintas unidades ou até externos à USP. Sua execução está a cargo das Pró-Reitorias de Pesquisa e de Pós-Graduação, da Comissão de Cooperação Internacional - CCInt e da Coordenadoria de Administração Geral - CODAGE.