Pelos Olhos de um Observador Estrangeiro: Representações do Brasil na Cobertura do Correspondente Larry Rohter pelo New York Times

Ivan Paganotti

Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação, Área de Concentração I: Teoria e Pesquisa em Comunicação, inserido na Linha de Pesquisa Linguagem e Produção de Sentido em Comunicação, da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, como exigência parcial para obtenção do Título de Mestre em Ciências da Comunicação, sob orientação da Profª. Drª. Mayra Rodrigues Gomes.

Download

Artigos jornalísticos publicados no diário norte-americano The New York Times por Larry Rohter, seu correspondente no Brasil, tomam como base uma gama de imagens e expectativas sobre o país que seu público possa ter e reconhecer como válidas. Esta pesquisa procura identificar as estratégias textuais adotadas por Rohter para reproduzir, alterar, questionar, negar ou criar representações brasileiras.

Métodos: Por meio da análise de discurso crítica, são avaliados os mecanismos de tradução de conceitos próprios do Brasil para um público estrangeiro, a partir de conhecimentos básicos compartilhados e aproximações por analogia com similares norte-americanos. 

Também é analisada a influência e o reforço de imagens brasileiras esperadas e das expectativas sobre medidas a serem tomadas no campo econômico e político do país. Resultados: Ainda que as narrativas das reportagens partam de imagens brasileiras estereotipadas, quebram-se as expectativas pela eclosão de eventos desviantes, que rompem com o que é esperado pelo público. O desequilíbrio estabelecido por Rohter aumenta o interesse em notícias menos urgentes; essa estratégia não é tão necessária em situações marcadamente conflituosas, que representam desvios na ordem social naturalmente pressupostos nos textos.